Região:

min

max

Anuncie aqui

Urbes lança edital para contratar empresa que vai elaborar projeto da nova rodoviária

Contratação deve ter teto de R$ 3 milhões e execução em 150 dias

Por Marcel Scinocca
(Atualizado em 21/09/2022 - 11h11)
Compartilhar

A Urbes, empresa pública que gerencia o trânsito e o transporte de Sorocaba, lançou nesta terça-feira (20) o edital para o processo de contratação de empresa para a realização do projeto da nova rodoviária de Sorocaba. Pela licitação, a contratação deve ter teto de R$ 3 milhões e a execução deve ocorrer em até 150 dias depois da assinatura do contrato.

Os serviços a serem desenvolvidos consistem em estudos e projetos de engenharia e arquitetura, desde o levantamento das características locais, dos dados e informações gerais para concepção da proposta em estudo preliminar, elaboração do ante projeto e dos projetos executivos completos, além das especificações técnicas de materiais, levantamentos cadastrais, vistorias, laudos técnicos e pareceres.

O documento lembra que o local destinado para a construção, será parte de uma área pública disponível, de 230.000,00m², localizada na altura do Km 106 da SP-270 (Rodovia Raposo Tavares), no município de Sorocaba, junto ao Hospital Regional e do complexo de eventos “Arena Multiuso”, com o principal acesso pela marginal da rodovia. “Não haverá desapropriações ou reintegrações de posse, e não há no momento, impacto ambiental identificado sobre a área disponível”, lembra.

A ocupação do novo Terminal Rodoviário de Sorocaba, deverá ser de até 20% dessa área, ficando 80% de área permeável. Conforme o projeto construção do novo Terminal Rodoviário Municipal de Sorocaba poderá conter mais de um pavimento. A Área Total a ser construída não deverá ultrapassar 40.000,00 m².

Na página 32 do processo, que trata do cronograma de execução do projeto, há expresso o valor de R$ 3.000.000,00, aparentemente, como teto do valor máximo do projeto.

O mesmo cronograma ainda indica que há a expectativa de que o projeto seja executado até fevereiro de 2023, com prazo para execução dos serviços de 150 dias.

Ainda no edital, a Urbes afirma que, atualmente, a infraestrutura da Rodoviária de Sorocaba remete às mesmas características originais da sua construção dos anos 1970, consideradas ultrapassadas e desatualizadas diante dos atuais padrões de mobilidade e integração dos sistemas de transportes.

“Outra questão relevante está relacionada com a sua localização na região central da cidade, situação considerada, atualmente, inadequada para os acessos, deslocamentos, estacionamentos. Outro fato agravante é o seu modelo construtivo totalmente aberto, que além de ultrapassado, proporciona ambiente favorável para atividades ilícitas e insegurança do local e do seu entorno”, diz.

A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para ocorrer no dia 13 de outubro.